Banner - Erasmus+ - Escolar - Alunos

Erasmus+: Mobilidade de Grupo de Alunos a Berlim

ANEEF logo v03 corOs alunos de Humanidades e de Artes Visuais selecionados para realizar a primeira mobilidade de grupo de aprendentes da história do Agrupamento, no âmbito do programa Erasmus+, foram acolhidos em Berlim pelos seus pares, alunos da escola Friedensburg-Oberschule, na semana de 3 a 9 de março. Esta escola é uma instituição de ensino bilingue (Alemão e Espanhol), pertencente à  rede de escolas Europeias de Línguas, para além de acolher alunos de mais de 80 nacionalidades, e cujo corpo docente inclui 30% de professores de origens diferentes da alemã. Do ponto de vista linguístico e cultural foi, portanto, muito interessante conviver com esta diversidade do tipo “torre de babel”.

O processo de preparação que antecedeu a mobilidade decorreu durante 3 meses, aproximadamente, e consistiu: no processo de candidatura e seleção dos participantes; preenchimento de formulários para partilha entre alunos de ambas as escolas (de forma a fazer o match); reuniões com alunos, pais e encarregados de educação para informações e esclarecimentos; reuniões entre as professoras acompanhantes e os professores responsáveis pelo acolhimento em Berlim, comunicação permanente através de uma equipa criada no Teams, e grupos de alunos e de pais criados no Whatsapp para solicitar documentação, prestar esclarecimentos e partilhar registos multimédia das atividades.

Os jovens ficaram alojados nas famílias dos colegas, imergindo, desta forma, em culturas e modos de vida distintos (ou não tão distintos assim) para, idealmente, aprenderem a lidar com as diferenças e enriquecer-se pessoal e socialmente. Esta foi também uma significativa oportunidade para desenvolverem competências multilinguísticas e comunicacionais.

Já na escola, depois dos habituais ice-breakers  e de uma original apresentação sobre a escola, as atividades centraram-se, fundamentalmente, no tema do projeto de trabalho que uniu os dois grupos: os Media. Entre as oficinas promovidas pelos professores Jana Pessozki e Nicholas Christ, destaca-se a discussão em torno do ciberbullying, da des(conexão) digital e da exposição de informação pessoal na web, a partir do visionamento de um filme e da apresentação de trabalhos decorrentes de pesquisas sobre subtemas. Os nossos alunos também tiveram oportunidade de assistir a algumas aulas no âmbito das suas áreas curriculares e de interesse. Puderam, assim, conhecer outro sistema de ensino europeu mais de perto, comparando abordagens e recursos de ensino e aprendizagem. O almoço na cantina da escola foi também uma oportunidade para contactar com outras opções de gestão dos espaços e das refeições, constituindo também uma experiência gastronómica diferente do que estão habituados a ter.

Esta mobilidade foi também rica em atividades culturais. Os professores prepararam duas visitas guiadas a dois museus da cidade: o Museu da Comunicação e o Futurium. O primeiro mais focado da história da comunicação até aos nossos dias, e o segundo centrado nas novas formas de comunicar do presente e do futuro, nomeadamente a IA, a Robótica e formas de sustentabilidade do planeta. Para além destas visitas, fizemos ainda um passeio a pé até à área política da cidade, onde se encontra o Reichstag e alguns dos mais importantes memoriais dedicados às vítimas do Holocausto. Colegas e respetivas famílias proporcionaram ainda aos nossos alunos outras experiências na cidade, uma das mais vibrantes da Europa.

No último dia, no âmbito do tópico “Connected in Berlim”, cada “par” de alunos apresentou a sua perspetiva da mobilidade a partir de imagens, vídeos e impressões captadas.

Quer no trabalho da escola, quer durante as visitas culturais, os nossos alunos mostraram um comportamento exemplar, participando ativa e pertinentemente, evidenciando competências estruturadas e um desenvolvido espírito crítico. Já os professores mencionados, bem como a coordenadora do programa Erasmus+, Lorellei Visan, mostraram-se sempre disponíveis para manter a boa execução das atividades e o ambiente de convívio e bem-estar entre os alunos de ambas as escolas.

Podemos dizer que, globalmente, os objetivos da mobilidade foram conseguidos, e em alguns casos as expetativas terão mesmo sido superadas.

Já no regresso, foi ainda solicitado aos participantes o preenchimento de um formulário de avaliação das mobilidades, para que possamos avaliar o processo e procurar melhorar os procedimentos, numa perspetiva de aprendizagem, para que depois desta experiência outras se sigam com ainda mais qualidade e enriquecimento!

Agora é a vez de recebermos os alunos e professores de Berlim: na semana de 15 a 19 de abril contaremos com sua presença na nossa escola! Até breve!

Alguns testemunhos:

«A mobilidade ajudou-me a ultrapassar barreiras e a sair da minha zona de conforto, por isso este programa é uma ótima oportunidade para enfrentar a timidez e melhorar a comunicação.»

«Foi muito divertido e uma experiência única. Sem dúvida que repetiria! Foi uma oportunidade de estar em contacto com uma nova cultura.»

«Esta mobilidade é uma oportunidade muito boa para alunos mais carenciados, que não têm oportunidades.»

Marcações: Erasmus+, 2023-2024

Comentar

Código de segurança
Atualizar